sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Dia de chuva

A chuva tinha voltado, e com ela veio o frio e o cheirinho a Outono, as folhas caíam uma após a outra. A chuva molhava-me o rosto, gelado e cansado, mas mesmo assim continuava o meu caminho longo e duro.
Algo me dizia que a chuva não iria parar, o céu estava fechado, e cada gota que caia parecia convidar outra após si. Mas apesar de tudo este tempo fazia-me desejar o quentinho de uma mantinha acompanhada por ti, a ouvir a chuva a cair lá fora, aconchegada em ti.

 Estava encharcada, os meus cabelos molhados batiam na minha cara constantemente enquanto corria, estava cheia de frio, não via a hora de te encontrar,chegar rapidamente perto de ti e ficar nos teus braços para sempre.


Encontrei-te e tu protegeste-me da chuva

2 comentários:

  1. oh obrigada és tão querida *.*
    eu também gosto muito dos teus textos, escreves muito bem acredita (:

    ResponderEliminar

prazeres da vida

A verdade é que ...

A minha beleza está na minha essência e na minha personalidade.  Sou sonhadora. Mas quando sonho, sonho alto. E se por alguma razão vim ao...

Seguidores